Use sua Raiva em Benefício Próprio! Ela te Ajuda ou Prejudica?

A Raiva é para você um recurso ou um vício emocional?

Felizmente nem todas as pessoas foram literalmente perseguidas pela maldade alheia, por uma “pessoa” realmente cruel, um psicopata ou patologicamente desequilibrado que resolveu tê-lo(a) como alvo.

Quem já foi prejudicado, perseguido, caluniado, desacreditado, desiludido, decepcionado com atitudes de alguém muito próximo como um amigo (da onça) ou mesmo um familiar, vai entender o misto de sentimentos que isso provoca.

Emoções como a raiva em excesso são destrutivas, pois acabam potencializadas pela função mental (pensamentos recorrentes) e são um veneno para saúde física, emocional e mental e o câncer está aí para nos lembrar disso (pois pode ser uma das consequências de mágoas emboloradas).

É claro que a injustiça gera muita raiva, tristeza e outros. Então o que você faz? O que faz a maioria das pessoas? Uma vez perguntei isso, uma pessoa disse que chora, outro disse que se esquece da educação que a mamãe deu e faz justiça com as próprias mãos.

Eu te digo com todas as letras: Se vingue!!! É isso mesmo! Isso não pode ficar assim! E sabe qual é a melhor vingança? O perdão! Perdoe. Livre-se disso, mas não faça isso pela pessoa, mas por você em primeiro lugar, sempre. Pessoas patologicamente desequilibradas não vivem em sua consciência plena, aliás, ninguém vive assim (exceto poucos que por aqui passaram). Mas, essas pessoas “vivem” ainda mais longe disso.

A maioria das pessoas não perdoa! Alguns falam: perdoo, mas não esqueço!!! Porque isso para mim é imperdoável! E o que ganha-se com isso? DOENÇA.

Jesus disse: perdoe não sete vezes, mas setenta vezes sete. Você precisa se livrar de mágoas e ressentimentos, para além de paz, poder ter saúde. Use sua raiva em benefício próprio! E com toda a força da raiva que existe em você, faça o seu melhor! Vá com tudo! De o seu melhor, Seja o seu melhor, Viva o seu melhor!

Se afirmam que você é um fracasso: Seja tremendamente bem sucedido. Foque toda sua raiva nesse objetivo. Se te excluem da amizade: procure amigos de verdade. Se tua família não te valoriza: Construa uma família que valorize. Faça exatamente o oposto daquilo que “profetizaram” para você. Use a raiva que esta aí, mas mude a direção dela, mude a rota, transforme-se e mude sua vida! (Peça apoio se for o caso, o Eneagrama é poderoso na autogestão das emoções, aliado ao método do coaching, você transforma qualquer situação, quando… se livra das emoções patológicas antes!)

Não conheço sua vida, mas sei que acabar com a raiva e as mágoas em muitos casos, pode parecer uma missão impossível. A raiva e a mágoa consomem você, principalmente se ainda convive com a situação que a provocou, ou com as protagonistas que insistem em manter o script. Então o ressentimento parece um gigante ou uma bola de neve que te esmaga como um rolo compressor.

Entregue esse assunto a Deus, fale com ele, livre-se desse roteiro. Se está além das suas forças, recorra a Deus, a oração tem poder! E é desse poder que essa situação exige. Um poder maior do que você mesmo. Se você acha que não tem fé ou simplesmente não acredita, leia os livros de Stormie Omartian, você vai desenvolver a fé, peça a Deus para que consiga acreditar que ele está resolvendo isto para você, mas peça já agradecendo pela mudança em você e em suas emoções, sua vida vai se transformar. Peça para que ele faça o melhor com aquilo que fizeram com você, faça sua parte e deixe a parte “impossível” a Ele.

Veja em Joao 15, versículo 7: “Se permanecerdes em mim e minhas  palavras permanecerem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e será feito”. Simples assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *