4 Formas de Autoengano, que o Impedem de Superar os Pontos Fracos

 4 Formas de Auto-engano, que o Impedem de Superar os Pontos Fracos

 

Em muitas pessoas, os defeitos de destacam mais que as qualidades, infelizmente. Mas todos temos “defeitinhos”, os pontos fracos, que podem nos atrapalhar nosso dia-a-dia e relações. Saber identificar esses pontos é fundamental, para neutralizá-los. Isso é simples, o que nem sempre é simples é admiti-los.

Quem reconhece os defeitos não tão visíveis, está a anos luz na frente. Afinal, admitir que você tem sido ciumento, ansioso e usado de mentirinhas,  não é agradável. Porém, só encarando de frente poderá mudar. Faça isso em prol de si mesmo(a) e das pessoas que convivem com você.

Veja as 4 formas de Auto-engano, que correspondem a 4 Formas de Pensar, que precisam ser Evitadas, porque minam suas chances de auto-superação dos pontos fracos:

 

1 – Acreditar que o ponto fraco, ou defeito, não é tão grave assim

O fato de acreditar que o ponto fraco, ou defeito não é tão grave assim se resume a uma palavra: Permissividade. Otimismo tem sua aplicação e esse não é o momento. Aliás, aliado a esse argumento de que sempre poderia ser pior, é tão útil quanto dar um espelho a um macaco. Muitos até reconhecem que tem defeito e mas não movem uma palha para superar. Esse tipo de pensamento é mundano, vil, além de nada acrescentar, impede qualquer forma de crescimento.

 

2 – Faz parte. Você não tem culpa de ter esse defeito

Outra forma pequena de pensar. A questão não é de culpa, mas de responsabilidade. Afinal, quem poderá nos fazer crescer?  Nossa própria consciência, se nossa mentalidade permitir.

 

3 – Culpar as outras pessoas pelos próprias dificuldades

Pior ainda é culpar os outros pelos próprios pontos fracos, é se vitimizar. Acreditam que o fato de ser ciumento é por culpa da família ou criação e que eles não têm culpa de serem assim, já que os meios erraram na criação. Ou que você tem razões por ser revoltado(a)… ou grosseiro(a). Esta é outra forma de sair pela tangente, uma forma desprezível de pensar, que o isenta de um qualquer esforço consciente para melhorias, mas que pode ser mudada a partir de seu reconhecimento agora.

 

4- Acreditar que você é ótimo e não tem defeitos

Você deveria ser canonizado.

 

Se você tem um Ponto Fraco ou um Defeitinho, Assuma… Quem Não os Tem?

Essas quatro formas de auto-engano, simples, porém muito comuns, desencadeiam várias outras formas de “pequenos defeitinhos”  que impedem a neutralização de todos os pontos fracos, é uma total estagnação para a transformação positiva.

Se você tem um ponto fraco, ou defeito, assuma-o. Esse é o primeiro passo para passar de alguém infantilizado, para assumir uma maturidade natural a qualquer um de nós. Quem será beneficiado por essa força de vontade interior, antes de tudo é você mesmo. Enfrente suas dificuldades, para um dia tornar-se de fato, o protagonista da sua evolução.

A autogestão emocional é a chave para o auto-desenvolvimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *