Empreendedorismo Sem Medo, Com Gerenciamento Pessoal

Empreendedorismo Sem Medo, Com Gerenciamento Pessoal

Você é um empresário ou empresária bem sucedido(a), ou se lançou recentemente na carreira solo? Podendo ser de uma micro empresa, um consultório, uma sala comercial ou quem sabe de vários projetos ou um empreendimento com mais sócios… Sendo representante comercial, ou um profissional autônomo de vendas, um prestador de serviços, freelancer ou talvez trabalhando “na internet” a partir de casa…

 

Definitivamente você é um empresário ou uma empresária. Então quaisquer que sejas seus projetos, você está empreendendo. Todos nós, independente do porte, somos os empresários desse imenso país.

 

Agora, olhe para dentro de você e para os sistemas que orbitam ao seu redor e responda sinceramente: Quantas de suas decisões diárias giram em torno de evitar o fracasso? Quantas chamadas para desafios novos você recebeu e nem percebeu ou não aceitou? Quantos projetos ainda permanecem latentes em você? Quantos grandes sonhos foram lançados ao espaço e continuam vagando por aí? Quantas besteiras e sapos você ouve diariamente e suporta, simplesmente, porque você sabe; ou melhor, acha que não pode mudar nada.

Você é o Gestor dos seus projetos ou de seu empreendimento e Líder da sua vida. Se você se acomodou, e pensa ser muito mais confortável ver o seu nome em um cartão de visitas em alto relevo com um título por baixo, com o nome de outra empresa que não a sua – mesmo tendo vontade e ideias, que giram em torno de outras atividade –  leia um pouco mais.

 

Como Lidar com o Risco nos seus Projetos: Calcule e Avance!

Se você está determinado, você pode ir a extremos para conquistar o que quer? Lógico que pode. No nosso íntimo sentimos o que vai bem e o que não vai. “Basta ser sincero e desejar profundo” como dizia Raul Seixas… tente outra vez.

Tenha  vontade com estratégia. Nunca é tarde para mudar. Porque seguir uma carreira chata é o mesmo que casar com uma pessoa que você não ama, mas decide casar porque está acessível a você. É o que lhe sobrou. Isso faz sentido?  Pior ainda é insistir em continuar dizendo em seu íntimo: “Isto é o que sobrou para mim é o meu destino, o que posso fazer?“, e vai se empurrando com a barriga, escolhendo o menos pior entre as opções mais fáceis de conseguir.

Então, pergunte-se: Tenho medo de fazer uma mudança na minha vida profissional? Medo de sair do meu emprego?? Medo de mudar? Um dos maiores e melhores empresários, do mundo, seja na sua vida profissional, como na pessoal, tinha uma frase que norteava sua vida: “O único erro real é aquele do qual não aprendemos nada.” – Henry Ford , dono da Ford.

Ele não teve medo de arriscar, simplesmente soube planejar seu crescimento e foi em frente com determinação. Você sabe como ele começou? no fundo de um quintal.

No Brasil, maioria dos “empreendedores” ainda ditam o que deve ser feito sem ter pleno conhecimento dos procedimentos; de seu mercado, da economia, de seu público alvo… o que é um grande risco para sua sobrevivência profissional.

Diante da ansiedade por parecer sempre melhor e produtivo, muitos acabam criando “personagens” do que realmente são.

Mas o ser humano que não consegue viver em linha com quem ele é, na sua essência, acaba sendo nocivo, pois desmotiva os outros à sua volta – sem abrir a boca – apenas pela sua postura.

Meu case pessoal como Exemplo: Eu mesma, em fase de criar filhos pequenos, não tenho como “largar tudo” e ficar um mês fora somente fazendo cursos, nem mesmo consigo uma semana inteira fora… hoje.

Então agendo meus trabalhos de acordo com minha vida e possibilidades. Já nem posto tudo o que faço nas redes sociais, por ser absolutamente injusto acabar sendo comparada, a profissionais com total liberdade de ir e vir. O fato de não postar todo o trabalho que faço é realmente uma estratégia diferente; (ao mesmo tempo que deixo de divulgar, crio curiosidade por não revelar tudo). E isso é por tempo indeterminado, embora seja de “praxe” desse mercado o oposto a isso… sendo que alguns, mostram ainda muito mais do que fazem (o que entra na questão da criação de uma persona a seu respeito e compromete a ética, mas isso é outra história)…

Enfim, você não precisa se dobrar ao que é natural ao seu mercado ou ao que os outros fazem – quando faz um trabalho transformador – importa é que realmente seja bem feito.

Ao empreender, conforme for a área; você pode se adequar a sua atividade Ou vice-versa, adequar seu trabalho a sua disponibilidade no momento de hoje.

Você precisa chegar a um ponto de equilíbrio entre jogar o jogo da vida e do mercado e continuar sendo quem você é com ética e respeito pelo seu próprio estilo de vida e valores.

 

Gerenciamento Pessoal & Gerenciamento de Riscos

A postura medrosa e comodista do “não se deve mexer em time que está ganhando” é, em muitos casos, não passa de uma desculpa e um grande limitador do progresso pessoal e profissional, um pensamento engessado, embasado literalmente no medo, que leva a atitudes rígidas ao extremo e que impedem as mudanças. Você não é uma árvore para não mudar!

 

Quando você mudar internamente; será capaz de assumir riscos calculados e progredir.

REFLITA: Se as empresas, projetos ou empreendimentos requerem gerenciamento de riscos para crescer e se desenvolver, imagine você que não é uma máquina e que nasceu para isso? 

Medo se combate com Fé. Insegurança se combate com Conhecimento e Estagnação se combate com Ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *